ALDEIAS ALTAS

ALDEIAS ALTAS

LEIDE TUR

LEIDE TUR

domingo, 6 de maio de 2018

Suposto assassino do delegado da PF em São Luís é preso na UPA da Vila Luizão

Wanderson de Morais Baldez (foto abaixo), 20 anos, seria um dos assassinos do delegado da Polícia Federal, Davi Aragão Farias, e foi preso quando se tratava de um ferimento à bala no braço esquerdo, na UPA da Vila Luizão. Antes de ser assassinado, o delegado ainda deu tiro em um dos bandidos e teria atingido o braço.
O jovem preso é da região da Vila Luizão. Um oficial da PM confirmou ao Blog tratar-se de um dos bandidos que mataram o delegado, que comemorava o aniversário da filha de cinco anos, na Praia do Meio, no Araçagy. Três bandidos chegaram ao local armados com facas e uma pistola falsa.
O delegado reagiu ao assalto e se atracou com os bandidos. Dois conseguiram agarrá-lo enquanto outro lhe aplicava as facadas, inclusive na região do pescoço. O delegado da PF ainda foi levado às pressas para a UPA do Araçagy e de lá ao Hospital São Domingos, onde chegou morto.
Os bandidos trataram de fugir com a arma do delegado e, de acordo com informações policiais, são da região da Vila Luizão. A Vitima é filho do médico Pedro Aragão, um dos sócios da clínica São Marcos, e era o responsável pelas investigações do crime de contrabando que foi desvendado em parte no Maranhão.
Os dois outros supostos assassinos do DPF foram identificados como David Castro Martins E Leandro,. mas não foram localizados.
Blog do Luís Cardoso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny